Street Fighter Movies

Street Fighter Movies - comprar online
R$8,00
Ver detalhes das parcelas
Digite aqui o seu CEP para calcular o frete:

  Street Fighter Movies
 

Episódios:   Street Fighter II + Alpha + Alpha Generation
Estilo:   Movie
Gênero:   Ação/Drama/Ficção/Superpoderes
Tema:   Luta/Artes Marciais
Resolução:  720x480
Áudio:   Japonês
Legendas:  Português
Quantidade:   1 Disco
Opcional:  (1 Box c/ encartes)

Esse anime só é recomendado mesmo pelo peso do nome Street Fighter. Pra quem é fã dos jogos e/ou curtiu a série animada, vale dar uma conferida no movie para poder ver alguns de seus personagens preferidos em ação. Atenção para a boa luta entre Ryu e Shun contra Zangief, a melhor do anime. Porém, só não espere muito do enredo.

Curiosidades:
- O personagem Sagat não aparece no movie, entretanto, seu nome é citado no mesmo. Ryu já é conhecido por derrotar o campeão mundial de Muay Thai, Sagat (esse enredo é do primeiro jogo da série Street Fighter, onde Ryu participa do torneio e, na final, vence o tailândes).
- Mudança de nome. O personagem Gouki teve seu nome alterado pela CAPCOM americana, ficando conhecido como Akuma no Ocidente. Essa mudança se deu apenas por questões estéticas. Gouki, em japonês, significa algo do tipo, ”Espírito Poderoso“, enquanto Akuma significa ”Demônio“.
- Sakura aparece no movie jogando um minigame. É o jogo Pocket Fighters da CAPCOM com as lutadoras Chun Li e Ibuki (personagem do jogo Street Fighter III: 3rd Strike).
- Os personagens Shun, Professor Sadler e Wallace são exclusivos do movie, não aparecendo em nenhum jogo da série.
- O engraçadíssimo personagem Dan Hibiki, que luta contra o Vega (máscara e garras) no movie, surgiu no mundo dos games pela primeira vez no jogo Street Fighter Alpha 1. Dan é uma paródia feita pela CAPCOM em resposta à SNK (ambas produtoras de jogos). Após o estrondoso sucesso mundial de SF (da CAPCOM), a SNK também desenvolveu o seu jogo de luta visando também uma fatia do mercado de games do gênero. Esse jogo é o Art of Fighting (que também virou anime e ganhou um movie em 1993), e nele temos os personagens Ryo Sakazaki e Robert Garcia. Uma cópia descarada de Ryu (no estilo de luta) e Ken Masters (na história) de SF. Com isso, a CAPCOM criou Dan, que tem os golpes e o kimono bem semelhantes aos do Ryo e o rosto igual ao do Robert. O personagem Dan fez tanto sucesso que a CAPCOM o incluiu nos jogos posteriores da série e ainda criou uma história para o mesmo (ele era uma personagem secreto no SF Alpha e não tinha nenhuma informação sobre o mesmo). Claro que diversos fatos da história de Dan (vide o trecho de ”Curiosidades“ no review da série de TV de Street Fighter) são todos parodiando os personagens de Art of Fighting.

Obs: Nada contra os temas filosóficos abordados no anime, só que Street Fighter tem toda uma história de ação e lutas. Quando vemos um anime ligado à série de jogos, esperamos uma boa pancadaria: entretanto, quando ocorre uma abordagem diferente, no mínimo deveria ser algo bem feito para agradar a todos. Mas, ao invés disso, somos apresentados a um enredo medíocre e sem sal, tirando qualquer possível boa impressão sobre o anime.

(*) Apesar do anime não citar nada sobre Gouken e Gouki serem irmãos, isso é dito no enredo dos jogos. No OVA Street Fighter Alpha Generations, no qual Gouki e Gouken aparecem, novamente nada é dito sobre a relação de ambos e, inclusive, os dois em nada se parecem (fisicamente). Esse fato só está aqui a título de informação, e o mesmo (se ambos são irmãos ou não) não interfere em nada nos acontecimentos do anime..