Gunslinger Girl

Gunslinger Girl - comprar online
R$8,00
Ver detalhes das parcelas
Digite aqui o seu CEP para calcular o frete:

  Gunslinger Girl
 

Episódios:   13
Estilo:   Serie de TV
Gênero:   Ação/Drama/Ficção
Tema:   Garotas Armadas
Resolução:  720x480
Áudio:   Japonês
Legendas:  Português
Quantidade:   1 Disco
Opcional:  (1 Box c/ encartes)

Melancolia é o primeiro sentimento que vem à cabeça ao falar de Gunslinger Girl, excelente co-produção da Mediaworks e Fuji TV com animação a cargo da inigualável Madhouse. Com um ótimo equilíbrio entre violentas cenas de ação e seqüências dramáticas de partir o coração, e sem apelar para ceninhas bobas de humor em nenhum momento, Gunslinger Girl foi um dos melhores animes exibidos em 2004 na TV japonesa, pecando apenas em um ou outro aspecto menos convincente do enredo.

Em uma Itália mergulhada em convulsões políticas causadas pelas propostas separatistas das províncias do norte do país, em especial da Lombardia, existem rumores sobre uma organização que emprega garotas altamente treinadas como assassinas profissionais. Andando sempre em companhia de um homem mais velho, com o qual forma um par de "Fratellos" ("Irmãos"), cada uma destas garotas possuiria um estojo de violino na mão, dentro do qual viria todo o arsenal necessário para suas missões assassinas.
Os rumores se mostram mais do que simples boatos. Por trás da "Corporação Para o Bem-Estar Social", também conhecida como "Organização Salva-Vidas" e que trabalha para o governo com fins teoricamente nobres, existem verdades que devem ser ocultadas da opinião pública a todo custo. Esta organização, na realidade, é apenas uma fachada para esconder um local especial onde pacientes femininas à beira da morte recebem um corpo mecânico (cyborg), sofrem lavagem cerebral e, após um árduo treinamento, passam a fazer trabalhos sujos para o governo. Um detalhe importante acerca destas garotas é que todas, sem exceção, chegaram ao hospital após sofrerem terríveis provações.
Henrietta é uma destas garotas. Única sobrevivente do ataque de um assassino serial, Henrietta não apenas perdeu 6 membros de sua família de uma forma horrenda mas foi, ainda, violentamente estuprada e quase assassinada. Recolhida à sede da Corporação em um estado deplorável, Henrietta chama a atenção de José, um membro da Corporação com um semblante triste, que se comove com a terrível história da garota e sente uma necessidade incontrolável de salvá-la e dar-lhe uma nova chance de ser pelo menos um pouco mais feliz.
Para completar as tragédias ocorridas no passado, o tratamento radical a que são submetidas as garotas ainda cobra um alto preço. A lavagem cerebral causa danos físicos ao corpo, e qualquer intervenção adicional pode encurtar o tempo de vida das garotas, além de resultar em danos irreversíveis à memória. Membros e órgãos artificiais podem ser repostos, mas os ferimentos sofridos pelas partes naturais do corpo se acumulam aos danos iniciais provenientes da lavagem cerebral. Cada ferimento sofrido pelas garotas reduz ainda mais o tempo de vida de cada uma.
Em um meio no qual as garotas são consideradas objetos dispensáveis, José forma um par com Henrietta e se diferencia da maioria dos demais "Fratellos" pela abordagem mais carinhosa e atenciosa que dá à sua companheira. Mesmo levando o treinamento de Henrietta a sério, José faz de tudo para que a mesma tenha uma nova vida mais feliz, ainda que breve, como uma forma de compensar as terríveis situações enfrentadas por ela no passado. Resta saber se este excesso de carinho não poderia ser prejudicial na hora de criar uma assassina fria, calculista e eficiente.
Existem duas facetas muito distintas a serem analisadas no enredo de Gunslinger Girl. Como um estudo de personagens, Gunslinger Girl é não menos que sublime. Apesar de Henrietta e José formarem a dupla principal do anime, as demais duplas de "Fratellos" não são, nem de longe, coadjuvantes. Cada dupla possui um relacionamento bem específico e diferente dos demais, desde a frieza e violência com que o ex-militar Jean lida com a suave e emotiva Rico até o misto de carinho e indiferença de Hillscher para com a bela e eficiente Triela. A personalidade de cada membro é muito bem trabalhada, passando longe dos clichês fáceis que costumam ser figurinhas comuns em outros animes. Cada personagem é complexo e possui razões muito fortes e convincentes para agirem e pensarem da forma como são retratados. As garotas, apesar dos corpos mecânicos, possuem mentes orgânicas e, mesmo sendo assassinas treinadas, passam por situações comuns a qualquer jovem, como se emocionarem ou se apaixonarem. Merece destaque a personagem Claes, uma bela e inteligente garota com uma existência cruel dentro da comunidade, mas que ainda consegue encontrar a felicidade dentro desta triste realidade.
Se a série é brilhante como estudo de personagens, o mesmo não pode ser dito da história que serve como pano de fundo para a existência do grupo de assassinas. É interessante a idéia de mostrar a turbulência política na Itália, as propostas sectaristas e o preconceito da população do norte em relação às pessoas do sul do país, mas o desenrolar dos fatos vai se tornando cada vez mais vazio e sem propósito. A organização das Cinco Repúblicas não mostra a que veio, as coincidências pipocam aqui e acolá, o estranho casal de terroristas parece completamente perdido em meio à trama, a suposta vingança de Jean é comentada mas nunca explicada, e por aí vai. As interessantes intrigas políticas do início, com um tremendo abuso de mentiras e jogos de interesses, se perdem no meio e não chegam a lugar algum.
Tecnicamente, nada a reclamar. Eficiência é a marca registrada da Madhouse, e nem mesmo o abuso de imagens paradas em alguns episódios do meio da série prejudicam o ótimo trabalho feito pela equipe ao longo dos demais episódios. O colorido mais suave e tendendo para o sépia, semelhante ao utilizado em Kino no Tabi, e as permanentes bordas horizontais enfeitadas dão a impressão de estarmos assistindo a um trágico teatro onde a vivacidade e a alegria não têm vez. A belíssima e melancólica trilha sonora orquestral completa este quadro que, apesar de triste, não deixa de ser belo e emocionante, especialmente em seu final. Aqueles que conseguirem segurar as lágrimas neste momento merecem o título de "Coração de Pedra" com louvor.

Com fortes cenas de violência física e emocional, além de relacionamentos humanos entre personagens verdadeiramente memoráveis, Gunslinger Girl não chega a ser uma obra-prima em função do enredo tosco, mas é um anime adulto altamente recomendado àqueles que buscam algo marcante.