Animatrix

Animatrix - comprar online
R$8,00
Ver detalhes das parcelas
Digite aqui o seu CEP para calcular o frete:

  Animatrix
 

Episódios:   9
Estilo:   OVAs
Gênero:   Ação/Ficção/Fantasia
Tema:   Cyberpunk
Resolução:  720x480
Áudio:   Portguês/Japonês
Legendas:  Português
Quantidade:   1 Disco
Opcional:  (1 Box c/ encarte)

Desde o lançamento de Matrix, em 1999, o produtor Joel Silver e os diretores Andy e Larry Wachowski afirmaram que continuariam a contar a história dos despertos contra o domínio das máquinas nos mais variados tipos de mídias. Assim, durante o lançamento de Matrix Reloaded, fomos bombardeados com novidades acerca da expansão da saga a partir de animações, video-games e revistas em quadrinhos. Todos esses gêneros iriam - direta ou indiretamente - completar ou ampliar a mitologia conhecida pelos fãs. Assim surge Animatrix.
Produzido em 2003, Animatrix teve todos os seus nove episódios escritos pelos irmãos Wachowski. Entretanto, cada uma das animações foi conduzida por 7 diretores distintos, cada um com suas próprias técnicas e particularidades. Assim, a obra possui desde animes produzidos quase inteiramente a partir de CGs, enquanto outros, no entanto, mantém o bom e velho traçado 2D. O resultado final é uma impecável reunião de perspectivas e talentos, focalizando um mesmo cenário SCI-FI que é a saga de Matrix.
De uma forma geral, o enredo dessas pequenas histórias destina-se a aprofundar o universo da trilogia, seja pela ampliação do cenário original ou pela explicação de algumas pontas soltas deixadas propositalmente pelos diretores da saga. É preciso salientar, entretanto, que os personagens vistos nos curtas na maioria das vezes são paralelos e secundários à narrativa dos filmes; Trinity e Neo aparecem apenas rapidamente nessa coletânea.
Em relação à parte sonora, como já era de se esperar, as trilhas techno se encaixam como luvas para os desenhos, assim como já fora consagrado esse gênero musical nos outros filmes da série. O cenário cyberpunk agora é agraciado com artistas como Juno Reactor, Meat Beat Manifesto e Death in Vegas. Don Davis (compositor dos filmes) também dá sua contribuição aqui.
Fica agora uma pequena review sobre cada um dos curtas. Vamos lá:


”Zion! Zion tem que ser avisada!“
Com a intenção de narrar os últimos momentos dos tripulantes de uma das naves de Zion e completar a lacuna que há entre o game Enter the Matrix e o filme Matrix Reloaded, O Vôo Final de Osíris é uma produção belíssima totalmente feita em CG e realizada pelo diretor de animação Andy Jones, responsável por Final Fantasy: Spirits Within. Durante o treinamento de dois capitães da nave Osíris, milhares de máquinas são avistadas cavando um buraco que vai em direção a Zion – o último refúgio dos humanos. Diante disso, o grupo decide plugar um de seus tripulantes na Matrix e mandar um aviso para os humanos que estão em Zion, ao mesmo tempo em que precisam ganhar tempo e sobreviver ao ataque massivo das sentinelas.
”Piedoso seja o destino do homem e da máquina pelos seus pecados.“
A Segunda Renascença I e II se passa antes do primeiro filme e remonta ao período da queda da civilização humana perante o advento das máquinas, dando origem então ao programa de simulação neuro-interativa conhecido como The Matrix. Ver o homem consumido pela cobiça e pela ignorância nos faz acreditar que, no final das contas, a humanidade talvez tenha merecido seu destino apocalíptico. Os dois curtas são, sem dúvida alguma, os mais informativos da coletânea. Os fãs ficarão vislumbrados com a sucessão dos eventos mostrados – que dialogam claramente com obras como Blade Runner, Exterminador do Futuro e Eu, Robô.
”Eles sabem que você sabe. Saia daí, agora!“
Outra história que completa a narrativa principal da trilogia Matrix é Era uma Vez um Garoto, escrito pelos irmãos Wachowski e dirigido por Shinichiro Watanabe (o mesmo do História de Detetive). A animação conta sobre um aluno do Ensino Médio que acredita que há algo de errado no mundo e eventualmente começa a ter fortes intuições sobre a verdadeira natureza da realidade. Durante a aula, alguns agentes aparecem para falar com o garoto, mas ele não dá bobeira e tenta escapar. Vou parar por aqui senão acabo por estragar a surpresa do final.
”Talvez você tenha se arrependido de ter tomado a pílula vermelha.“
Coração de Soldado é um curta fantástico que apresenta uma luta entre despertos vestidos de samurais num cenário que remonta o Japão feudal. À medida que a luta se intensifica, os combatentes travam um interessante diálogo sobre honra, poder de escolha e propósito de vida. A obra é escrita e dirigida por Yoshiaki Kawajiri, autor de Ninja Scroll e Vampire Hunter D: Bloodlust.
”Então, essa casa é assombrada...“
Provavelmente um dos mais interessantes curtas, Além da Realidade mostra como são manifestados os bugs dentro da Matrix e como as máquinas geralmente erradicam-no. Yoko é uma adolescente que perde seu gato e vai procurá-lo nas redondezas do bairro. Alguns garotos dizem que o animalzinho entrou dentro de uma casa abandonada e ela decide investigar. É justamente nessa casa que ocorrências paranormais se manifestam: ambientes anti-gravidade, chuva que cai de um céu sem nuvens e até mesmo frascos de vidro que se reconstituem sozinhos após serem quebrados. A autoria fica por conta de Koji Morimoto, diretor de animação de nada menos que Akira. O resultado, como sempre, é um trabalho soberbo e bem acabado. O bacana é que Além da Realidade possui o traçado mais tradicional entre os animes do DVD.
”Ele não pode despertar! Não deixe-o despertar!“
Juntamente com Além da Realidade, O Recorde Mundial dá ênfase em como ocorre o processo de auto-substanciação (pessoas que tornam-se conscientes da Matrix e despertam no mundo externo sem a ajuda de métodos como a pílula vermelha). O foco do enredo trata de um corredor que desafia as leis da realidade ao disputar o mundial de 100 metros livres e como sua percepção se altera irreversivelmente após essa experiência. O roteiro é de Yoshiaki Kawajiri (responsável por Coração de Soldado), mas a direção fica por conta do até então novato Takeshi Koike. Pode-se afirmar que esse é um dos curtas mais singulares, artisticamente falando. Os cenários compostos basicamente pela distribuição de sombras farão com que você nunca mais se esqueça desse diretor, acredite!
”Há uma diferença, Sr. Ash, entre uma armadilha e um teste.“
Para os adoradores do cinema Noir, História de Detetive possui um dos mais belos visuais do conjunto, realizado pela mente inigualável de Shinichiro Watanabe (Cowboy Bebop e Samurai Champloo). A história se passa dentro da Matrix e gira em torno de Ash, um detetive quase falido que recebe um caso para desvendar que, nas palavras do próprio Ash, é ”um caso que colocará fim em todos os outros casos“. O contratante deposita dinheiro adiantado na conta do detetive e lhe propõe a seguinte tarefa: encontrar o hacker de codinome ”Trinity“.
”Para uma mente artificial, toda realidade é virtual.“
Peter Chung (criador de Aeon Flux) dá vida ao último curta animado dessa série, intitulado O Robô Sensível. O filme trata de humanos que permanecem no Deserto do Real atraindo sentinelas e outras máquinas para, posteriormente, treiná-las e convertê-las para trabalhar como aliadas. A premissa lembra muito o Exterminador do Futuro (nesse filme, os rebeldes também reprogramam as máquinas). É, sem dúvida, o anime mais psicodélico do conjunto e, por essa causa, muitas pessoas chegam a perder o interesse pela história.
Em suma, Animatrix é um trabalho primoroso, mas é melhor digerido se você for fã desse universo. Apesar de alguns curtas poderem funcionar por si mesmos, é quase imprescindível que você tenha assistido aos 3 filmes já lançados (e, de preferência, também jogado o Enter the Matrix para PS2 ou PC). As propostas são todas interessantes e a diferença de estilos visuais em cada animação torna a coleção obrigatória para qualquer um que tenha bom gosto. Uma obra-prima!