Amaenaideyo!!

Amaenaideyo!! - comprar online
R$8,00
Ver detalhes das parcelas
Digite aqui o seu CEP para calcular o frete:

  Amaenaideyo!!
 

Episódios:   13
Estilo:   Serie de TV
Gênero:   Comedia/Romance/Sobrenatural
Tema:   ECchi
Resolução:  720x480
Áudio:   Japonês
Legendas:  Português
Quantidade:   1 Disco
Opcional:  (1 Box c/ encarte)

Ikkou Satonaka é um aprendiz de monge (budista). Quando ele é enviado pelo templo central para o templo de Saienji, ele não esperava encontrar 6 noviças (igualmente aprendizes) de sua idade. Agora além do treinamento rígido que ele precisa passar para controlar seus poderes espirituais, ele precisa controlar sua luxúria diante das beldades - o problema é que seu poder purificador só surge se ele atingir níveis absurdos de luxuria, ou seja, vê-las nua ...

Andamento
Amaenaideyo! é composto de duas temporadas diretamente relacionadas, portanto ao invés de tratarmos como 2 séries distintas, consideramo-la como apenas uma temporada de duas partes (como Vandread e muitos outros animes com 2 temporadas de 13 eps). Uma diferença é que cada 'temporada' tem 12 episódios, mais um episódio extra que só saiu nos DVDs. Estes episódios extras vêm no final de suas respectivas temporadas, e como apelo extra, sem censura (na serie normal, as emissoras costumam colocar convenientes 'neblinas' para reduzir um pouco o ecchi).
Amaenaideyo é um puro anime harém. Apesar de não existir amor entre as personagens e Ikkou (exceto a principal, Chitose, que sofre do típico mau de não admitir seu amor - até o último episódio), não deixa de ser um anime onde o personagem principal se vê no meio de fabulosos corpos femininos - geralmente seminus.
Ainda assim, por mais superficial e ecchi que o anime seja, não deixa de ser extremamente engraçado e por vezes interessante. A primeira temporada foca mais no ecchi e em episódios isolados, mas a segunda temporada nos apresenta, com uma nova personagem, um certo enredo central, e também temos o enfoque nítido nos personagens. A maioria dos episódios da segunda temporada são focados em desenvolver uma das personagens, sendo que também notamos uma nítida 'melhoria' no caráter de Ikkou. Se no começo do anime ele 'liberava' sua luxúria vendo apenas uma garota em roupa de banho, no final da segunda temporada ele precisa mais do que vê-las nua, mas até tocá-las. Pode ser ecchi ao extremo, mas não deixa de mostrar que o personagem principal começa a controlar seus 'instintos'. Além disto, em muitas passagens, são as próprias noviças que se despem propositalmente para liberar o poder purificador de Ikkou quando diante de espíritos malignos muito poderosos que elas normalmente não conseguiriam exorcizar.
Outro aspecto muito interessante do anime é que ele se aprofunda bastante em termos e na filosofia budista. O fansub que fez a versão em inglês, Mendoi, cuidou para deixar várias notas de observação sobre o assunto, e para quem prestar um pouco de atenção, pode até se interessar sobre o assunto e acabar indo ler um pouco sobre Budismo e entender melhor os termos e filosofias abordados.

Conclusão
Amaenaideyo é realmente um anime harém exagerado, o fan-service/ecchi é constante, a temática sexual abordada o tempo todo (afinal, a luta do personagem principal é contra sua própria luxúria incontrolável). No entanto, tudo é feito com muito humor e até mesmo certa delicadeza. O romance entre Ikkou e Chitose é 'agradável' mas infinitamente arrastado e - já avisamos - sem um final determinado. Ainda assim, os personagens têm caráter e desenvolvimento bastante presentes, e o enredo é interessante principalmente na segunda temporada.
Existem muitos reviews bastante preconceituosos e tendenciosos sobre este anime por ele exagerar no ecchi. Muitas pessoas descartam-no porque não gostam do ecchi - tem seu direito - no entanto julgar o anime apenas por isto seria um erro tão grande como julgar Divergence Eve pela mesma razão. Amaenaideyo tem seus méritos, é bem humorado, e tem uma temática que pode despertar o interesse em ler mais sobre o budismo, e temos que conceder isto como um ponto positivo.

Se não por isto, o humor é bem agradável e as personagens desenvolvidas o suficiente para o telespectador se importar. Indicado, mas apenas para quem não se importa com seios balançando para lá e para cá todos os episódios.